PÁGINAS

quinta-feira, fevereiro 16, 2012

Ao sabor dos ventos


Mas...
Viaje ao
Sabor dos ventos
E respire aliviado
Com o pacto assumido.
Cometa todos os pecados
Pra não perder a noção de vivo.
Não mude o que está errado
Perca-se na sua mudança
Rompa com a cadeia de acontecimentos previsíveis.
Deleite-se sem rumo,
Mas sempre atento.
Iluda-se ao observar...
A realidade nada interessa.
E viva para os acontecimentos. 
 
Nilo dos Anjos

quinta-feira, fevereiro 09, 2012

Amartrix



Uma prece....                                      http://alexameade.com/portfolio.html
e a fé em ti me conforta. 
Saberei abrir esta porta ? 
O que me espera do outro lado ? 
Se por amor me acabo 
é por medo que não me revelo. 
E esse amor imaginário 
que idealizo enquanto navego 
é o mesmo amor em que me apego 
nas desilusões reais do meu ego. 
Talvez seja melhor assim... 
Nos encontraremos nos abrigos virtuais 
e deixaremos nossos corpos em outra dimensão 
onde o toque é mais real, irracional ,desmedido. 
onde invento cheiros, fragrâncias,gemidos... 
onde a imaginação vale mais que os sentidos, 
onde a dor não chega aos ouvidos, onde a palavra 
vale mais que a imagem e meus olhos não serão traídos, 
onde lhe direi contos proibidos, inventarei estórias, enviarei poemas 
copiados, cartões virtuais, mentiras triviais até as correntes infernais... 
e no final ...na virtualidade da relação, nada será tão real...

Nilo dos Anjos 

terça-feira, fevereiro 07, 2012

PAI (saudade)



Eu ainda me lembro
Do dia em que você falou.
Deu-me conselhos me orientou.
Tentou deixar as coisas mais fáceis antes de partir.
Quando tudo acaba e não se tem pra onde ir...
Eu calado,só ouvia.
Ainda moço, mas sabia...
Que um dia ainda faria valer
Cada palavra que ouvi de você.
E que hoje, mais do que nunca, me ajudam a viver.
As palavras tem maior força quando são acompanhadas de exemplo.
Por isto ficaram marcadas,
Pois você demonstrava todo tempo.
Com alegria que transbordava
E preenchia cada evento.
Eu ainda criança admirava esses momentos.
Que me faziam acreditar o quanto a vida é bela
E que sempre haveria um final feliz, como em qualquer novela...
Mas a realidade é outra e ainda não estava preparado.
E você foi embora, partiu para o outro lado.
Deixou-me sem chão, vazio..., desamparado.
Talvez eu esteja errado...
E o final ainda não tenha chegado .
E quem sabe um dia
Poderei tê-lo de novo ao meu lado. 


De Nilo para Nilo

segunda-feira, fevereiro 06, 2012

Um dia perfeito



Ai...que dor no peito! 
É o coração apertado, não tem jeito. 
Quanto mais se pensa, mais se percebe o defeito. 
Quer a posse a qualquer preço... 
Mas você não me pertence e não há conserto. 
Já vem de fábrica, sem garantia este é o conceito. 
Eu não sabia e já está feito. 
A dor que doía fez efeito. 
Matou-me outro dia, 
Estava eu na pilha do ciúme 
Comendo estrume, num dia de sol, 
Um dia perfeito...


Nilo dos Anjos

sexta-feira, fevereiro 03, 2012

ENQUANTO ISSO EM OLINDA...

CARNAVAIS DA VIDA 
PASSAPORTE DA ALEGRIA 
DAS RUAS EFERVECENTES 
DAS NOITES ENVOLVENTES 
CAMISINHAS, ESPERMICIDAS...
SEXO CASUAL, NATURALMENTE. 
O CORPO A SALTITAR PELAS AVENIDAS.
CORPOS AUSENTES, COMO QUE DORMENTES 
EM BUSCA DE MOTIVOS PARA NÃO VOLTAR A REALIDADE 
SEGUEM MORMENTE ATRÁS DE FELICIDADE 
AINDA QUE SEJA RÁPIDA 
AINDA QUE SEJA UMA VEZ AO ANO SOMENTE.


QUARTA-FEIRA DE CINZAS, RESSACA... 
NÓ NA GRAVATA PREPARAR PARA A BATALHA ! 
DIA DE TRABALHO, ALGUÉM SE LEMBRA ? 
CARNAVAL PASSOU, MÃOS A OBRA, SEM PROBLEMAS. 


ENQUANTO ISSO EM OLINDA...

nIlO DoS anJoS

quinta-feira, fevereiro 02, 2012

quarta-feira, fevereiro 01, 2012

Coisa

As coisas se resolvem por si só.
As coisas por si só se resolvem.
Vem de uma vez só.
As coisas por si só,
Sempre só,
Se resolvem.
Estou só...
Vem mais uma vez só,
Resolver.
Eu sou coisa
Estou fora de mim
A me dissolver.


17/08/2004
Para Juliana
Nilo dos Anjos